Ana + Betânia são Ana Cruz e Maria de Betânia (n. 1983). Em 2007, depois de terminarem a sua licenciatura em Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, começaram a trabalhar em escultura cerâmica ao abrigo do programa de investigação em cerâmica artística da instituição.
Tendo cada uma a sua expressão individual distinta, o início do seu trajeto artístico comum dá-se em 2012, aquando da residência artística “Muel Cerámica Viva”, em Saragoça.

Desde então têm trabalhado em conjunto, numa vertente conceptual associada à técnica escultórica clássica. Em 2014 foi-lhes atribuído o 1o Prémio da Bienal d’Esplugues, com a peça “Em nome do Pai”, facto que reforçou a continuidade desta parceria e a necessidade de a expandir. Depois dois anos como artistas residentes nas Oficinas da Cerâmica e da Terra em Montemor-o-Novo, estabeleceram-se em Caldas da Rainha com atelier individual.
As esculturas de Ana+Betânia estão presentes em várias coleções privadas na Europa.

Neste momento encontram-se a trabalhar na sua expansão para o mercado internacional, acompanhando o movimento revivalista pujante que a cerâmica está a ter. Paralelamente a este percurso, tanto Ana como Betânia são responsáveis por ateliers de Artes Plásticas em duas instituições de saúde mental em Lisboa.

Produto adicionado à wishlist
Produto adicionado para comparar

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Para mais informações consulte a nossa Política de Privacidade e de Cookies